Art. 528.  Encerradas as diligências, os autos serão conclusos ao juiz para homologação do laudo.

Homologação do laudo

Homologação do laudo: Consoante os termos do artigo 182, o juiz não fica adstrito ao laudo. O laudo não vincula a decisão do juiz. Pode aceitá-lo ou rejeitá-lo. Por outro lado, caso o homologue, essa decisão também não o vincula. O juiz pode, em momento posterior, reconhecer que as conclusões do laudo não são corretas. A homologação do laudo significa tão somente que há indícios suficientes – para a propositura da ação – de materialidade do delito e, eventualmente, de autoria. A homologação não constitui juízo definitivo.

Recurso cabível: Contra a negativa de homologação do laudo, ou sua homologação, cabe apelação. É o recurso apropriado contra as decisões definitivas, ou com força de definitivas, proferidas por juiz singular quando não couber recurso em sentido estrito (artigo 593, inciso II).

Fim

Contribua com seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sumário